Paisagismo

Como cuidar das orquídeas e quais ter

Você sabe como cuidar das orquídeas e quais colocar em casa? Se não sabe nada sobre orquídeas, mas tem vontade de ter, pois são lindas, acompanhe as dicas, tenho certeza que depois desse post você vai conseguir cuidar muito bem das suas flores e terá uma casa linda e perfumada.

As orquídeas apresentam muitas formas, tamanhos e cores e existem em todos os continentes, exceto na Antártida, elas predominam nas áreas tropicais. Mas seu cultivo não é muito fácil e muitas pessoas tem dificuldade e erram na hora de cuidar, por isso as orquídeas acabam morrendo.

Você pode cultivar em qualquer lugar da casa, dentro ou fora, é preciso ter um local iluminado para que ela cresça e floresça. Dentro de casa ela pode ficar no parapeito da janela, no quintal você pode deixar os vasos sobre algo, nunca no chão, pois elas atraem lesmas.

como cuidar das orquídeas

Como cuidar das orquídeas – dicas básicas

O ideal é comprar orquídeas adaptadas na sua região, não adianta cultivar orquídeas coletadas de matas, além dela não se adaptar bem ao seu espaço, muitas pessoas condenam a importação de plantas coletadas em matas por causa dos colecionadores. Para você que não entende muito de plantas ou orquídeas e fica se perguntando como cuidar das orquídeas é importante sabem que elas florescem apenas uma ou duas vezes por ano e por isso é interessante ter várias espécies com ciclos de floração diferente.

Dessa forma a chance de ter uma casa sempre florida é muito maior, e como já disse, procure as espécies que crescem melhor na sua região. Depois de adquirir as orquídeas certas e que se dão bem na sua região você já pode começar a cuidar delas.

Uma coisa que muitas pessoas tem dúvida em como cuidar das orquídeas é a irrigação, uma irrigação errada pode matar sua planta, por isso é importante ter atenção nesse detalhe.

A irrigação – É preciso manter o vaso úmido, mas nunca encharcado, muitas pessoas matam a orquídea por excesso de água. Não coloque um pratinho com água debaixo do vaso, isso vai fazer as raízes apodrecerem, o correto é molhar duas ou três vezes por semana e deixar a água escorrer totalmente, nos outros dias você pode vaporizar as folhas na parte da manhã ou no final da tarde, quando ela não estiver no sol. Uma dica para verificar se ela precisa de mais água é colocar o dedo na terra, se seu dedo sair sujo não precisa de mais água.

como cuidar das orquídeas

Sobre a luminosidade do ambiente é indicado colocar as flores em locais que recebem sol no horário da manhã (até as 9 horas) ou no final da tarde, a orquídea que não toma sol acaba não florescendo e o correto é manter os vasos, o máximo possível, na mesma posição e local. E como cuidar das orquídeas observando a ventilação?

Elas precisam de lugares arejados, mas é importante evitar locais com ventilação muito forte, isso pode danificar a planta e até derrubar. A adubação das orquídeas deve ser feita com adubos foliares, você encontra facilmente em floriculturas ou supermercado. A melhor forma de adubar é adicionar algumas gotas no seu pulverizador e quando você for molhar as plantas ela já será adubada também.

Como cuidar das orquídeas – as espécies

Vou mostrar algumas espécies que você pode criar dependendo da sua região e também da época do ano, assim você já vai na floricultura sabendo qual orquídea comprar 🙂

Para quem mora no Sul o ideal é a: Aspásia (Aspasia lunata)
Para quem mora no Centro-Oeste o ideal é a : Encíclia (Encyclia)
Para quem mora no Nordeste: Cirtopódium (Cyrtopodium)
Para quem mora no Sudeste: Cimbídium (Cymbidium)
Para quem mora no Norte: Cocheleantes (Cochleanthes amazonica)
Em todo o Brasil: Catleia (Cattleya); Chuva-de-ouro (Oncidium); Falenópsis (Phalaenopsis)

como cuidar das orquídeas

*Veja o calendário a época que as orquídeas florescem:

Primavera
Outubro: Brassia chloroleuca, Lycaste skinneri e Oncidium cebolleta
Novembro: Cattleya nobilior, Laelia purpurata e Promenaea stapelioides
Dezembro: Cattleya guttata, Dendrobium chrysanthum e Oncidium flexuosum

Verão
Janeiro: Aspásia luneta, Dendrobium phalaenopsis e Oncidium pumilum
Fevereiro: Brassavola perrine, Cattleya “Chocolate Drop” e Miltônia spectabilis
Março: Cattleya (híbrido), Doritis pulcherrima e Paphiopedilum callosum

Outono
Abril: Colmanara “Wildcat”, Encyclia cochleata e Ludisia discolor
Maio: Epidendrum longispata, Laelia anceps e Rodriguezia venusta
Junho: Gomesa crispa, Cymbidium giganteum e Phalaenopsis amabilis

Inverno
Julho: Cattleya trianae, Cymbidium (híbrido) e Zygopetalum crinitum
Agosto: Cattleya aurantiaca, Dendrobium superbum e Oncidium “Sharry Baby”
Setembro: Cattleya intermedia, Dendrobium nobile e Phalaenopsis schilleriana

*Retirado do site: mdemulher.abril.com.br/familia/claudia/saiba-tudo-sobre-orquideas

como cuidar das orquídeas

Últimas dicas – como cuidar das orquídeas

  1. Cultive em vasos de barro;
  2. Deixe que elas extrapolem o limite do vaso;
  3. Esterilize a tesoura antes de podar e passe cicatrizante após a poda;
  4. Não use o mesmo vaso depois de eliminar pragas;
  5. Identifique as orquídeas com plaquinhas, coloque nome e período de sua última floração.

Agora que você já sabe como cuidar das orquídeas é só comprar e começar a cultivar, é bem fácil e não vai tomar muito tempo, além disso vai deixar sua casa linda.

*IMAGENS RETIRADAS DO GOOGLE IMAGENS, A IMAGEM É SUA? NOS CONTE E COLOCAMOS O CRÉDITO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *