Mais Bla Bla Bla

Okja – Um filme que te faz refletir e chorar

Como vai?

Eu acabei de assistir o filme Okja e preciso confessar que até agora estou com o choro preso. Pensei em falar um pouco sobre ele, mas ainda não sei bem o que dizer. Se eu postei e você está lendo isso é porque consegui me expressar diante de tudo o que ele me fez pensar.

Esse é um filme da Netflix, nossa paixão por eles só aumenta, não é? Além de ser um super companheiro nas horas que você não tem nada pra fazer – ou tem, haha – eles tem criado séries e filmes incríveis. Até falei recentemente de uma série maravilhosa que eles criaram.

No filme Okja você vai ver atores conhecidos, principalmente se tem costume de ver séries. Um deles é o Steven Yeun, o Glenn na série The Walking Dead que fez todo mundo cair em prantos com sua morte – eu pelo menos chorei rs. Tem também:

  • Katherine Mathilda Swinton – fez a Feiticeira Branca no filme As Crônicas de Narnia;
  • Jacob Benjamin – não sei dizer um filme muito famoso que fez, mas tenho certeza que já viu o rostinho dele;
  • Giancarlo Giuseppe – o famoso “Gus” Fring nas séries Breaking Bad.

Enfim, o filme conta com bons atores e tem uma história bem legal. Não vou dar spoiler aqui então não se preocupe. Se contar algo que fará diferença eu aviso antes e você que não viu ainda pode parar de ler.

Por que Ojka faz refletir e chorar

Fui assistir o filme Okja porque vi algumas pessoas comentando. Na verdade só indicaram, mas não cheguei a ler nada sobre o que elas falaram. Antes de ver o filme vi o trailer e pensei, deve ser bem bobinho e exagerado. Em algumas partes do filme ele é realmente bem bobo, mas é a intenção. Por mais que trate de um tema que seria mais drama, eles fazem comédia também.Okja - Um filme que te faz refletir e chorarDefiniria esse filme como um drama/comédia/aventura e por ai vai. É um filme para ver com toda a família, mas devo avisar que tem palavrões, então pense na idade dos seus filhos.

Vou deixar aqui uma breve sinopse:

Ele começa mostrando Nova York em 2007. Lucy Mirando apresenta uma nova espécie animal que foi descoberta no Chile. Apelidada de “super porco”, eles distribuem 26 animais para países distintos. O objetivo é deixar eles espalhados ao redor do planeta por 10 anos. Depois desse tempo eles participarão de um concurso que escolherá o melhor super porco. Uma década depois, a jovem Mija que convive desde a infância com Okja, o super porco fêmea, tem seu animal levado. Mas Mija decide lutar para ficar ao lado dela, custe o que custar.

A história parece boba a princípio, mas tem uma grande lição por trás que faz você pensar muito sobre o assunto. A verdade é que essa história sobre o “super porco” está bem mal contada. Existe algo por trás, todo o espetáculo foi criado para distrair o principal.

E gente!!! Isso acontece o tempo todo, quantas coisas são feitas para parecerem bonitas mas na verdade estão completamente sujas. Você vai pensar nos animais, mas eu vou além, pois é assim em muitas áreas. A todo momento é pintado algo que parece ser muito legal, mas que na verdade não é.

Quantas vezes já vimos isso na política, coisas que são feitas para mascarar outras. O filme faz a gente refletir, não só sobre o assunto que trata, mas sobre todo o resto. Tem muita coisa acontecendo debaixo do nosso nariz e não percebemos

E isso meu amigo, vale para tudo na nossa vida, não só na política ou nas empresas, mas em nossa família, nos relacionamentos. Então vamos parar pra refletir um pouco sobre o assunto e começar a ver o que está acontecendo debaixo do nosso nariz. Muita coisa é pintada de outra maneira para parecer mais bonita.

Eu chorei – Olha o spoiler de Okja

Sim eu chorei, sou chorona e isso não é novidade haha. Estou tentando não entrar muito em detalhes para não perder a graça do filme. Ele trata de um assunto realmente sério que é o comércio de animais para alimentação. O consumo da carne de animais e que muitas vezes as pessoas não se importam com nada, apenas em ganhar dinheiro.

Eu como carne, vou continuar comendo, para ser vegetariano precisar ser muito forte. Mas a questão não é bem essa, acho que deveria ter uma fiscalização maior. Dessa forma evitaríamos algumas coisas que só de pensar no filme já dá vontade de chorar. Mas preciso confessar que não foi isso que me fez realmente derramar lágrimas.

Como os animais são geneticamente modificados e criados em laboratórios eles são mais inteligentes. O filme mostra isso bem no início. No final quando a menina está indo embora com Ojka uma família (pai, mãe e filhote) estão perto deles. Nessa hora eu chorei de soluçar.

Os pais entregam o filhote para Ojka levar embora. Eles entregam o filho para que ele viva livre e feliz, pois onde estava, seu destino já estava traçado.

É uma cena muito linda, que só de lembrar meus olhos já enchem de lágrimas kkk. Parece bobagem né, mas mostra como os pais se importam com os filhos e fazem de tudo para ver eles bem. Ok! Eu fico aqui viajando e filosofando, mas se viu o filme sabe bem como é linda a cena e tocante.

Bom, era isso que tinha para falar. Viu o filme Okja? Quero saber o que achou, vamos compartilhar. Se ainda não viu, vai lá ver e depois volta aqui para me contar o que achou.

Beijinhos e até mais

A seção Mais bla bla bla foi criada para falar de assuntos 
que não tem relação com decoração, mas que acho interessante
compartilhar com vocês. Aqui vocês vão poder conferir um 
pouco de tudo, algumas coisas que descobrir que é legal, dicas, 
textos e muitas outras coisas :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *